• finestrino

Sintra, uma cidade gracinha perto de Lisboa

Sintra é, na realidade, uma história #fail junto com o Coqs do Viajão. Fomos lindos e formosos visitar a pequena cidade portuguesa, famosa pelos castelinhos e por ser toda gracinha, mas por lá encontramos chuva, frio, névoa e quase não encontramos os castelos. Mesmo assim, valeu muito a pena.


Para chegar em Sintra é bem tranquilo, tem a Estação de Rossio no centro de Lisboa que tem trens saindo a cada 10 minutos e vão direto para lá, além de ser baratinho, algo em torno de 3 euros.

A viagem dura 40 minutos e é a última parada, não tem erro. Dá pra dormir tranquilo pra descansar, hehe.


Chegando na estação de Sintra tem um guichê com informações e mapas e logo saindo para a cidade, ao lado direito tem um ponto de ônibus que te leva pelo trajeto dos castelos: um maior e que vai para castelos mais longes e outro menor, com paradas mais próximas. Como ficamos só uma tarde por ali, pegamos o caminho mais curto que, ida e volta, custava 2,80 euros.


A primeira parada é ali no centrinho e já tem um palácio logo ali. Entrada 10 euros. Pulamos esse por uma questão de tempo de visitação.

Do outro lado da rua o museu do brinquedo. Entrada 5 euros. Fomos e amamos. Achei bem legal mesmo e tem bastante coisa, bastante brinquedo antigo.

Aproveitamos e já almoçamos por ali. O lugar era meio esquisito, muito feio por dentro e a parede por dentro queria ser uma vibe taberna antiga de pedra, mas era muito feio. Hahaha dava medo de tão medonho, mas a comida estava beeeem gostosa e foi bem servido.

Depois disso subimos para os castelos. O primeiro foi o dos Mouros e, mesmo com toda a névoa, foi muito divertido. Ri demaaaaais e me senti na época das cruzadas.

Olha como estava esse clima! Todas as fotos ficaram horríveis!


O segundo foi o Palácio da Pena que, apesar de lindão – nas fotos dos outros, he – quase nem conseguimos ver por causa da névoa. Dava pra ver que era bonito e colorido, mas nem rolou registrar isso. Ele fica bem mais alto e por isso quase desaparece nas fotos.


Por dentro é super bacana, mas não pode tirar foto. Eu até ia tentar, mas tinha muito fiscal por ali, realmente não tinha como. Pra entrar no castelo, são 9 euros e para subir até lá você pode ir a pé numa subidona ou pegar um trenzinho de 2 euros ida e volta.


0 visualização
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle