• finestrino

Quanto Custa viajar para Manaus

Atualizado: Jul 3

Ano da viagem: Fevereiro de 2015 (precisamente, na semana de Carnaval)

Origem e destino: Curitiba – Manaus


Passagem Aérea: R$ 50,00

Consegui essa passagem com milhas no programa da TAM. Ida e volta de Curitiba foram pedidos 15 mil pontos, mas eu fiz uma paradinha no Acre ainda, e acabei pagando só o trecho Manaus – Rio Branco, pela Gol. Meu namorado foi apenas a Manaus e utilizou essa quantia de pontos para o trajeto. O que pagamos nesse trecho foi apenas a taxa de embarque.


Dias de estada: 6 dias

Nós chegamos em um sábado a tarde, mas o voo saiu tão cedo (4h) aqui de Curi, que chegamos cansadíssimos em Manaus e não fizemos nada nesse dia, apenas relaxamos na piscina do hotel. Os passeios começaram mesmo no dia seguinte, contando então 5 dias efetivos de passeios.


Tipo de viagem: moderada

Manaus é um destino um pouco caro, não vou mentir. É tudo bem longe, os passeios são quase todos de barco e muita coisa não dá pra fazer sozinho. A comida é barata e boa, é tranquilo andar de ônibus e as casas históricas são gratuitas, mas o que acaba pesando são os passeios.


Hospedagem: R$ 2.562,00 (2 pessoas para 6 noites)

Nós ficamos hospedados no Tropical, o hotel mais incrível da cidade. Ele fica em Ponta Negra, uma região nobre da cidade e tem de tudo lá. É um hotel 5*. Existem outras opções no centro, claro, e também hostels. Para hostel, dá pra considerar algo em torno de R$ 300 para uma pessoa por 6 noites.


Transporte: R$ 115,60

Essa foi a parte que mais pegou proporcionalmente. Eu contei aqui no blog que o táxi lá em Manaus é bem caro, principalmente o que chega e sai do aeroporto. Pegamos táxi 3x no total, a ida e volta pro aeroporto e um táxi na primeira manhã. O ônibus estava muito atrasado e desta forma perderíamos o passeio.


Depois só usamos os ônibus de linha, a R$ 3,30 cada passagem.


Alimentação: R$ 280,00

Aqui não gastamos muito porque por 3 dias fizemos passeios que tinham almoço incluído. Então a contabilização acabou entrando na categoria abaixo, de passeios. No mais, não é caro comer em Manaus. Os peixes são bons e não muito caros.

De todas as refeições, fomos apenas um dia em um restaurante top, o Banzeiro.


Passeios: R$ 625,00

Uh, falei que aqui pegava. Ao todo foram 3 dias de passeios, um para Presidente Figueiredo, outro do Encontro das Águas e ainda o Belezas do Rio Negro. Um outro dia passeamos pelo centro histórico de Manaus por conta, e nisso só teve o custo de R$ 20 do tour no Teatro Municipal. Como já falei, nos 3 passeios o almoço estava incluído, bem como todo o transporte para os lugares.


Compras: R$ 50,00

Essa é a parte que mais varia. Eu comprei um cocar (35), um outro souvenir indígena (10) e uma pulseira com material da região (5) e só. Mas aí claro, tem um milhão de opções de souvenir e comidas locais e grãos e etc. Aí vai do seu gosto pra trazer ou não.

Sem contar que eu ainda tinha outra viagem né, pro Acre, e não queria despachar bagagem e nem me preocupar com coisas que pudessem ser barradas.


Total da viagem: R$ 3.682,60

Esse valor aí não contou com a passagem, pois fui com milhas, mas contou um hotel 5*. Se tivéssemos ficado em hostel, a conta cairia pra menos da metade, R$ 1.420,60 (sem a passagem, não esqueça). Também não comprei muito, o que faz diferença no montante final de cada um.


É um destino um pouco mais caro sim. Querendo ou não fica muito longe aqui do sul e não tem tanta opção de voo. Lá, a maioria dos passeios – pra não dizer todos de cara – você precisa de barco, de guia e saber mesmo onde ir. Vale a pena se programar pra ir. Eu achei tudo muito incrível, gostaria de voltar pra conhecer coisas que ainda não pude ver e desde que voltei recomendo pra todo mundo. Experiências completamente fora do que estamos habituados aqui pra baixo.

0 visualização
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle