• finestrino

A cisterna da Basílica de Istambul

Assim que saímos das mesquitas, fomos conhecer a maior cisterna da antiga Constantinopla, a cisterna da Basílica. Ela fica do-lado de Ayasofia, é só atravessar a rua e enfrentar a fila. Ah é, tem fila aqui também, mas é rapidinho.


A entrada custa 20 liras e a visita é rapidinha. Dentro é bem grande, tem espaço pra circulação e também não tem motivo pra ficar horas lá dentro. Ela é da época bizantina ainda, do ano de 532, igual à Ayasofia.


São mais de 300 colunas romanas que compõe essa cisterna, e com a iluminação certeira, fica um visual muito dramático, olha só:


O bacana dessas colunas romanas, é que algumas tem medusas em suas bases, para espantar “monstros do subterrâneo”. Interessante, mitológico e ficam em um espaço micro pra andar em volta. Aí já viu, congestionamento para as fotos de novo.


Além disso tem uma pequena área estilo fonte dos desejos, que as pessoas jogam moedinhas e fazem um pedido. Clássico. Algumas pessoas jogam ali na área das medusas, mas tem um outro espaço que usam para isso também.


No total são 10 mil m², 8m de altura e tem capacidade para 30 milhões de litros de água. Ok, pra quem ainda estava se perguntando o que é uma cisterna, isso é um grande reservatório de água.



Endereço: Yerebatan Caddesi , 13 – Sultanahmet | Estação Sultanahmet do tram | do lado da Ayasofia


Curiosidade dessa cisterna: foi cenário de um filme do James Bond, o From Russia with Love. Alguém viu? Alguém viu a cisterna?!

0 visualização
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle